DIFERENÇA ENTRE MANDALA X MARKETING MULTÍVEL

Se você ainda não ouviu falar na mandala nos últimos dias sinta-se privilegiado. A Mandala é um novo formato de pirâmide financeira transvestido de ajuda mútua que ganhou as redes sociais. Na Mandala, a pessoa entra com R$100,00 com promessa de receber R$ 800,00. Bom demais para ser verdade, não é? O problema é que apenas os primeiros que começam realmente ganham dinheiro e a base sustenta o topo. 

E qual a diferença de pirâmide e marketing multinível?



Pirâmide:

É ilegal;
Prejudica outras pessoas;
Torna-se insustentável;
Não legalizado;
Não tem produto ou tem produtos disfarçados;
Configura-se estelionato, associação criminosa, crime contra a economia popular;
Anti ético;

O esquema beneficia a primeira pessoa que começou mas as que estão nos níveis abaixo dificilmente irão receber. Ou seja, o que começa ganha sabendo que irá prejudicar no mínimo 8 pessoas que fizeram este "investimento".

Ex: Telex Free - número de pessoas prejudicadas em torno de 2 milhões.

Marketing multinível

É legalizado;
Tem produtos que tornam o modelo de negócios sustentável;
Modelo de venda direta;
O recrutamento de mais pessoas é viabilizado por participação no resultado das vendas;

Ex: Natura - Mais de 4 milhões de revendedores cadastrados.
entre outras, Eudora, Mary Kay...

As empresas são legalizadas, ou seja, você tem para quem recorrer em caso de insatisfação...

Na pirâmide, as próprias pessoas sustentam o 'negócio' e no marketing multínivel a relação é sustentada pelo consumo de outras pessoas que estão fora da rede de relacionamento dos vendedores.

Não há dinheiro fácil, sempre desconfie destes modelos.
Fica o alerta do Moda empreendedora!

Atualização: As denúncias não são feitas no início do esquema, apenas quando pessoas passam a não receber é que começa a ser denunciado fazendo com que o formato de pirâmide dure mais tempo. Porém, mesmo sem denúncias formais o Ministério Público já está investigando por crime contra a economia popular. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

@modaempreendedora